- Nenhum comentário

Médicos peritos do INSS ameaçam parar de trabalhar após o novo avanço da pandemia no país.


 

Os médicos peritos do INSS ameaçam parar de trabalhar após o novo avanço da pandemia no país. As agências do INSS ficaram seis meses fechadas no ano passado, por conta do risco de contaminação de segurados e de servidores.

 

Agora, os profissionais estão considerando suspender, mais uma vez, o atendimento presencial nas agências da previdência. O Brasil está mantendo a média de aproximadamente mil mortes por dia por conta da covid-19.

 

O número de infecções aumenta enquanto a vacinação caminha devagar. Com a paralização dos médicos do INSS, benefícios que dependem de perícia médica, como auxílio-doença e aposentadorias por invalidez, podem ficar travados.

 

No ano passado, o governo chegou a liberar uma antecipação de um salário-mínimo para segurados que estavam na fila do auxílio-doença. Consultado pela reportagem, o INSS informou que não estuda nenhuma medida para o fechamento das agências neste momento.

 

A secretaria de previdência também informou que o cronograma de perícias médicas está sendo cumprido em todo país.


FONTE: BR MAIS NEWS.

0 comentários:

Postar um comentário