- Nenhum comentário

Juntas quebram protocolo e realizam 'posse popular'




O primeiro mandato coletivo composto apenas por mulheres na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), as Juntas, também promete inovar na liturgia para tomar posse do cargo.

Antes da cerimônia oficial, na próxima sexta (1º), no Plenário da Alepe, agendada para as 15h, elas realizarão uma programação simbólica de atividades batizada de "posse popular", que começa às 13h com a concentração do ‘Arrastão das Juntas’ na frente do Shopping Boa Vista. A saída está prevista para às 14h30 em direção à nova sede da Alepe, no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar, localizado na Rua da União, centro do Recife.

Em frente ao edifício da Alepe haverá um telão para acompanhar a cerimônia. Para encerrar a programação, às 16h, o mandato articulou a participação do Som na Rural, que receberá shows de artistas populares de Pernambuco.

Juntas - Autodenominadas como "mandata feminista, coletiva e popular" – elas tomam posse na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Eleitas pelo Psol com 39.175 votos, as juntas são compostas por cinco mulheres diversas, a advogada trans Robeyoncé Lima, a jornalista Carol Vergolino, a estudante de letras Joelma Carla que é de Surubim, a ambulante Jô Cavalcanti, que é o nome oficial com o qual foi registrado o mandato, e a professora Kátia Cunha, o grupo toma possa às 15h, em cerimônia na própria Assembleia, ao lado das demais deputadas e deputados eleitos.

Programação da Posse Popular das Juntas:
13h – Concentração shopping Boa Vista
14h30 – Saída do arrastão popular
15h – Cerimônia de Posse / Eleição da Mesa Diretora (telão)
16h – Som da Rural e artistas da terra

Mais informações:
https://www.juntascodeputadas.com.br

0 comentários:

Postar um comentário