- Nenhum comentário

Implantação de CNH de plástico e com chip é adiada pelo Contran.




Os novos modelos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) comecem a ser produzidos. A nova carteira, que é fabricada com plástico, e não mais com papel, como é feita atualmente, deveria começar a valer no dia 1º de janeiro de 2019, mas o Contran publicou, no Diário Oficial, a resolução número 747, que adia a novidade para 31 de dezembro de 2022.

"Os órgãos e entidades executivos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal deverão adequar seus procedimentos para adoção do modelo da CNH estabelecido pela presente Resolução até 31 de dezembro de 2022, quando ficará revogada a Resolução Contran nº 598, de 24 de maio de 2016", diz o texto publicado no Diário Oficial.

A nova CNH, também chamada de "CNH Inteligente", será produzida com plástico e contará com um microchip, que funcionará como um cartão de débito/crédito.

Na parte da frente, o cartão conta com o nome do condutor, data e local de nascimento, data de emissão, validade, CPF, órgão emissor, número do registro, RG e assinatura, além da foto do condutor e a categoria. No verso, haverá um QR Code, observações, informações complementares e registros complementares.

0 comentários:

Postar um comentário