- Nenhum comentário

Vertente do Lério celebra 27 anos de emancipação política.



O povoado de Vertentes do Lério tornou-se distrito de surubim pela lei municipal nº 17, de  22 de maio de 1953.
Foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº 10622, de 2 de outubro de 1991 graças ao então deputado estadual Geraldo Barbosa
Segundo a tradição, a região era de propriedade de um homem chamado Lério. Em suas terras havia uma vertente de água, com a qual a população local, castigada pela seca, se abastecia.
Por ocasião da seca de 1880, as pessoas iam até o local, para abastecer-se de água "lá na vertente do Lério".
A população do município estimada em 2016 era de 7.693 habitantes. É constituído pelo distrito sede e pelos povoados tambor, gambá, mata virgem, serra do jardim, chã do pavão, tambor de baixo, lages, pedregulho, covico, cajá de frança, cajá dos batistas, cajá dos martins, macaco, pedra branca, chã do gavião, malembá, pá virada, vermelho, embebedado, sítio salvador e gancho do galo.
O município tem como sua maior riqueza a exploração da rocha calcária, para fabricação de corretivo de solo, ingrediente de ração animal e a cal para indústria e construção civil.
Na programação de hoje será o encontro de bandas às 16h. Toda a programação já foi realizada durante a semana.  Aconteceram apresentações de projetos sobre a preservação do meio ambiente e tarde cultural
O município de Vertente do Lerio é administrado pelo prefeito Renato Sales.

0 comentários:

Postar um comentário