- Nenhum comentário

Governo sanciona lei que não será mais necessário reconhecer ou autenticar documentos.




Reconhecer firma ou autenticar documentos para comprovar a veracidade não será mais necessário a partir do dia 23 de novembro deste ano.

O governo federal sancionou uma lei que acaba com o procedimento realizado em cartórios e solicitados por entidades públicas federais, estaduais e municipais.

Agora, um servidor público deverá atestar na hora a veracidade do documento no momento da entrega. de acordo com o governo, a intenção é tornar mais rápido o atendimento de repartições públicas no país.

Hoje uma autenticação de documento custa em média seis reais cada via e um reconhecimento de firma pode chegar a até 10 reais por página.

0 comentários:

Postar um comentário