- Nenhum comentário

Risco de introdução do sarampo causa estado de alerta em Pernambuco.




Pernambuco está em alerta quanto ao risco de reintrodução do sarampo. Neste ano, 39 casos suspeitos de doenças infeciosas sistêmicas foram notificados pela secretaria estadual de saúde.

A categoria inclui sarampo e rubéola. Deste total, 35 ocorrências foram descartadas por critério laboratorial.

Até o momento, não há informações sobre se os pacientes entraram em contato com pessoas que estiveram em áreas de circulação do vírus, como os estados amazonas e Roraima. Nessas localidades, foram confirmadas 465 ocorrências da doença, além de três mortes.

Pernambuco não confirma casos da doença desde 2014, no entanto, a cobertura vacinal tem sido reduzida no país.

No anterior, o índice foi menor que o ideal em 21 estados. No caso da dose de reforço, aplicada aos 15 meses de idade, apenas o Ceará alcançou a meta de imunização.

0 comentários:

Postar um comentário